A tecnologia aplicada à gestão empresarial revolucionou o mundo dos negócios. Ano após ano, investir em uma boa infraestrutura tecnológica deixa de ser um diferencial mercadológico para se tornar uma prática essencial no cotidiano corporativo.

Entre as diversas tendências na área de TI, a gestão inteligente de espaços é uma temática relevante e promissora. Hoje, já é possível investir em ambientes que realizam tarefas por conta própria e podem ser operados remotamente via smartphone: os espaços autogerenciáveis.

Você quer entender melhor como essa tecnologia se aplica ao âmbito empresarial? Então, confira 5 vantagens de implantar espaços autogerenciáveis no seu negócio!

1. Redução de custos

O controle de acesso e a identificação à distância são funcionalidades convenientes em ambientes autogerenciáveis. Consistem em soluções utilitárias que não dependem de qualquer intervenção humana ― apenas para o gerenciamento remoto.

Além de reduzir custos com a contratação de funcionários, os sistemas automatizados também favorecem a economia de energia. O acionamento das luzes e do ar-condicionado, por exemplo, pode ser programado para funcionar em horários específicos ou via sensoriamento.

Construídos com tecnologia sem fio, os componentes eletrônicos ocupam menos espaço e facilitam futuras reformas ou remanejamentos. Mas, esteja atento: planejar o autogerenciamento já na etapa de construção é uma boa alternativa para minimizar gastos com o processo de instalação.

2. Segurança

Para garantir a segurança dos ambientes, os sistemas são equipados com câmeras de monitoramento, trancas eletrônicas, detectores digitais, pontos de acesso para controle via smartphone, entre outros mecanismos de proteção.

Ao implantar um espaço autogerenciável na sua empresa, é necessário pensar também no aspecto segurança cibernética. Afinal, componentes desprotegidos estão sujeitos à ação maliciosa de hackers, e esse é um grande desafio na era da Internet das Coisas. Contrate prestadores de serviço confiáveis e você poderá eliminar quaisquer brechas ou vulnerabilidades.

3. Operação remota

O autogerenciamento inteligente é constituído por sistemas integrados, cujo acesso remoto pode ser realizado por meio de um único login. Portanto, o mesmo usuário está apto a comandar as atividades no local utilizando apenas um dispositivo.

Utilizando seu próprio smartphone, é possível autorizar e negar acesso a pessoas específicas, acionar e desativar aparelhos eletrônicos, entre outras funções relacionadas à segurança e ao funcionamento do ambiente. Tudo a distância.

4. Automatização

A automação do espaço também permite que os sistemas sejam programados para executar ações predeterminadas em situações específicas. Esses procedimentos podem estar associados à identificação de pessoas, controle de acessos, geolocalização ou qualquer outra funcionalidade.

Em caso de emergências, o espaço autogerenciável pode ser programado, por exemplo, para acionar a polícia. Ele também pode reagir a ameaças, interrompendo as permissões de entrada ou executando qualquer ação planejada pelo usuário.

5. Automelhoramento

A inteligência artificial é uma tecnologia propícia ao automelhoramento. Conforme vai sendo utilizada, é capaz de cruzar as informações obtidas para compreender as necessidades do usuário e aprimorar seu desempenho. É evolução constante.

Esses são apenas alguns benefícios que os espaços autogerenciáveis podem proporcionar à sua empresa. Invista em um sistema automatizado para fortalecer a segurança e facilitar os processos formais e burocráticos da sua organização. Dessa forma, você poderá direcionar a sua energia para uma gestão estratégica de sucesso.

Quer mais informações sobre como aplicar a tecnologia na sua empresa? Então, entre em contato e tire suas dúvidas!