O controle de entrada de clientes (internos e externos) em empresas, eventos, entre outros, é de extrema importância para proteger os ativos, informações confidenciais, projetos e, claro, as pessoas em geral.

Por isso, cada vez mais, a segurança tem se tornado prioridade para as empresas de todos os portes, que investem em softwares e sistemas de controle de acesso físico para ajudar a fazer a gestão de entrada e saída de pessoas.

Investimento no controle de acesso

Todos os dias, milhares de colaboradores, clientes, parceiros, fornecedores, entregadores e prestadores de serviços entram e saem de prédios comerciais, fábricas, espaços de eventos, entre outros locais.

Esse grande fluxo de pessoas faz com que os dados sigilosos e a segurança se tornem mais vulneráveis a ataques, invasões e roubo de informações. Para prevenir problemas, é preciso controlar e monitorar o acesso de pessoas, não só clientes. Sendo assim, as empresas devem seguir algumas etapas.

Contratação de um software de acesso físico

No mercado, existe uma série de equipamentos e softwares que objetivam aumentar a segurança das empresas, de eventos etc. Entre as opções estão os sistemas de acesso por meio de cartões magnéticos, biometria ou senha.

No entanto, a gestão de acesso pode apresentar falhas — roubo de cartão, compartilhamento de senhas ou lesões nos dedos que não permitam que a digital funcione.

Por isso, muitas pessoas estão apostando em uma solução digital, que controle o acesso por meio de smartphone ou tablet. Completamente on-line, o sistema permite que a pessoa abra a porta estando em qualquer lugar do mundo e faça a gestão de quem pode ou não ter acesso aos locais.

É possível, ainda, realizar o acompanhamento em tempo real do fluxo de entrada e saída, aumentando o nível de segurança.

Monitoramento de documentos acessados na empresa

Monitorar os documentos acessados por funcionários ou parceiros é uma forma de garantir a segurança das informações e dados. Hoje em dia, há sistemas que realizam essa gestão, inclusive, monitorando as páginas e sites acessados por todos dentro da empresa.

A PwC revelou, por meio da Pesquisa Global de Segurança da Informação 2016, que os próprios colaboradores são os maiores responsáveis pelo vazamento de dados sigilosos das empresas.

Relatórios que garantem a segurança

Os sistemas de controle de entrada, geralmente, geram relatórios ao fim do mês para que os gestores consigam monitorar quem entrou e saiu da empresa ou dos eventos. Essa é uma ótima forma de garantir que as informações e as pessoas fiquem seguras, bem como gerar vantagem competitiva para a empresa.

Câmeras, alarmes e sensores de presença

As câmeras e os sensores de presença são grandes aliados das empresas, principalmente quando associados a um método de controle, como o acesso por smartphone, já que auxiliam na identificação de funcionários.

Em linhas gerais, por meio desses sistemas é possível preservar as informações e a incolumidade do espaço físico da sua empresa. No entanto, para garantir um controle de entrada de clientes mais eficaz, é importante investir em soluções adequadas ao seu negócio e que se mantenham sempre atualizadas.

Quer saber mais sobre o tema?  Aproveite e conheça 4 erros que comprometem a segurança de um condomínio!